Símbolo do chillwave, Toro Y Moi chega a terras brasileiras pela primeira vez e leva ao festival Planeta Terra tudo que o eletropop pode oferecer. Confira a previsão de setlist que preparamos!

Toro Y Moi, ou Chazwick Bundick seu nome real, é uma das referências do chillwave, estilo musical que remete ao som do eletropop dos anos 80, mas com o uso de sintetizadores, processamento de efeitos, loops, etc. O principal instrumento destes artistas é, praticamente, o próprio laptop. O cantor, que descobriu o amor pela música aos 15 anos e desde então vem tocando em teclados e computadores, lançou seu segundo álbum recentemente e foi recebido com grande prestígio pelas críticas. O disco chamado Underneath the pine vai de músicas lentas, em um clima quase praia, a batidas eletrônicas perfeitas para dançar.

Além dos dois álbuns, Chaz já lançou diversos EP’s. Um deles foi ainda este ano, o Freaking Out. Depois deste lançamento, surgiram vários comentários de que o cantor estava se distanciando do seu estilo inicial, o chillwave, para se tornar algo mais pop.

As pessoas pensam coisas que eu não penso. Eu estou apenas elaborando o que faço. Eu estou fazendo dance music e o que eu queria fazer era apenas acelerar as músicas um pouco mais, porque ao vivo elas crescem e ficam mais divertidas. – Chazwick Bundik

Para o Brasil, o cantor parece estar preparando um grande show. Pela primeira vez no país, ele e sua banda de amigos da escola se apresentam no festival Planeta Terra e depois partem para o Rio de Janeiro, pra tocar no Circo Voador. Ao receberem a notícia de que viriam para cá eles ficaram empolgados, mas Chaz diz achar muito difícil tocar em festivais por ser mais complicado de interagir com a platéia.

Na setlist, músicas dos CDs, dos EP’s e de demos devem aparecer, alternando os momentos que serão mais relaxantes ou mais animados. Blessa, Minors e Talamak, do primeiro cd chamado Causers of this, representam bem o estilo chillwave do cantor e são quase certeza na seleção. Já as recentes, como Saturday Love e Freaking Out, saídas do último EP, tem a pegada mais pop e são as indicadas para agitar a galera e colocar todo mundo pra dançar.